Os 4 Elementos




O mundo está dividido em quatro elementos primários e elementos secundários. Todo o universo é formado de ar, água, terra e fogo e a partir deles surgem a madeira, o metal, o gelo e etc.



O Ar



O Ar é o elemento da comunicação.
Sem dúvida quanto à sua grande importância pelo fato de termos de respirar para viver, podemos nos lembrar que o Ar também se faz importante em nossas vidas por ser o transmissor dos sons, dos aromas e das vibrações.
Ao trabalhar com este elemento, devemos pedir sabedoria, discernimento; podemos pedir para entrar em contato com pessoas distantes, pedindo-lhe que "leve" nossos anseios, nossas palavras e nossos pensamentos.


Ponto cardeal: Leste.
Elemental Regente: Silfo.
Cores: Amarelo e branco.
Instrumento mágico: Athame.
Aromas: olíbano, hortelã, lavanda e alfazema.
Associações: sabedoria, aprendizado, viagens e comunicação.
Propriedades: cura, fertilidade, sonhos, intuição e amor.
Signos: Gêmeos, Libra, Aquário.




A Terra



O elemento Terra é aquele ao qual o homem está mais adaptado. Afinal de contas, a Terra é nossa morada, nosso corpo é material e em boa parte de nosso dia-a-dia estamos em contato com este elemento e suas propriedades.
Ao trabalhar com a Terra, devemos pedir concentração, prosperidade, abundância. Quando consagramos um instrumento, devemos passá-lo na Terra antes de qualquer outro elemento, para simbolizando sua criação, uma vez que a Terra constrói, dá forma e edifica.


Ponto Cardeal: Norte.
Elemental Regente: Gnomo.
Cores: Verde, Marrom, Preto.
Instrumento mágico: Pentáculo.
Aromas: benjoim, canela, incenso.
Associações: Pedras, Terra, Ervas, Metais, Sal.
Propriedades: prosperidade, riqueza, negócios, abundância, realização.
Signos: Touro, Virgem, Capricórnio.




O Fogo



Quando analisamos canções e cultos dos povos antigos, podemos encontrar um grande número de evocações e homenagens ao fogo. Isso ocorre, sem dúvida, porque, de todos os elementos, o Fogo é aquele com o qual o homem não tem contato diário, como a terra ou o ar, além de ter sido aquele que mudou a vida do homem primitivo.
Pense: sem o fogo, o mundo com certeza seria frio e escuro.


O Fogo fascina: pode destruir, mas pode também acalentar, cozinhar, aquecer, iluminar. Tudo isso se soubermos trabalhá-lo na medida certa.
Quando trabalhamos com este elemento, devemos pedir purificação, paixão, amor, espiritualidade e transformação.


Ponto Cardeal: Sul.
Elemental Regente: Salamandra.
Cores: Vermelho, Laranja.
Instrumento Mágico: Bastão, Castiçal, Velas.
Aromas: Sândalo, Laranja.
Associações: Velas, tochas.
Propriedades: energia, amor, purificação, espiritualidade, cura.
Signos: Áries, Leão, Sagitário.




A Água



O elemento Água é o elemento das emoções. É necessidade vital para o corpo e para o espírito.
Das águas do útero materno viemos, e sem dúvida, ali começamos nossos primeiros contatos do mundo sentimental.


A água mexe com nosso subconsciente, fazendo-nos ter visões. Ouvindo seu murmúrio, nos lembramos de lugares e sensações distantes e por vezes desconhecidas, e relaxamos ao som do canto de seus rios.
Quando trabalhamos com a água, devemos pedir intuição, equilíbrio, calma, emoções e amor.


Ponto cardeal: Oeste.
Elemental Regente: Ondinas.
Cores: Azul, Prata.
Instrumento mágico: Cálice, Caldeirão.
Aroma: Rosas, Artemísia.
Associações: essências, óleos, água.
Propriedades: cura, fertilidade, sonhos, intuição, amor.
Signos: Câncer, Escorpião, Peixes.